Coração Dark Room - de Ricardo Corrêa


 DRAMATICAS MONTADAS
Oficina Cultural Oswald de Andrade - R. Três Rios, 363. Entrada franca 21/11, às 14h: Querência, de Raquel Anastásia, Marco Antonio Garbellini, Leandro Siqueira e Frederico Santiago (60’)
A vida de homens prisioneiros, entregues à inanição num ambiente adverso, marcados por violência nas relações. Aos poucos, revelam amor masculino, amor entre brutos e violento. Criação do grupo Teatro dAdversydade, Querência surgiu com base em textos da Organização Internacional do Trabalho. O vocabulário utilizado no texto foi criado tendo por base o estudo da obra de João Guimarães Rosa. A história desenrola-se numa região não especifica, mas reconhecível por nós.

21/11, às 15h30: Coração Dark Room, de Ricardo Corrêa (60’)
Rogério conta sua história e pergunta: "até onde você guarda seus segredos?". “O seu grande amor tem você registrado na memória dele?".O monólogo fala das consequências de uma pessoa realmente ferida. Um mundo cheio de sombras e dúvidas. Rogério coloca em questão os valores do amor entre dois homens e narra seu último relacionamento. Um desconhecido sem estereótipos, no qual reflete a sua condição humana e a divergência dos homossexuais nos dias atuais. O local não poderia ser outro: o interior de um camarim de uma boate decadente.

21/11, às 17h: Três paredes e meia, de Sérgio Pires (60’)
Véspera de audiência. Enquanto aguarda o momento de ir para o pátio tomar sol, em meio aos outros assassinos da prisão, Genet medita a partir das personagens criadas por seu imaginário, revivendo fatos e anseios de sua vida. Inspirado por sua criação, o autor decide o que irá dizer diante do tribunal.


FICHA TÉCNICA
Curadoria- Ferdinando Martins, João Federici. Produção - Beto Sato,Cíntia Trovo (Cads), Eduardo Cardoso (Cads), Ferdinando Martins, João Federici, Theodora Ribeiro (Cooperativa Paulista de Teatro). Autores selecionados (Dramática-Selecionadas) Luciano Mazza, Rodolfo Lima, Ronaldo Ventura, Sérgio Pires. Se você me amasse (Dramática Especial) Bia Fonseca, Chico Ribas, Dan Nakagawa, Duílio Ferronato, Júlio Oliveira, Laerte Késsimos, Otávio Martins. Coração Dark Room (Dramáticas Montadas) - Alexandre Coelho, Celso Cassoni, Davi Reis, Fernanda Garcia, Gabriela Rabelo, Ricardo Corrêa, Ronaldo Gutierrez, Zeca Bral. Três paredes e meia (Dramáticas Montadas) - Sérgio Pires. Querência (Dramáticas Montadas) - Frederico Santiago, Leandro Siqueira, Marco Antonio Garbellini, Raquel Anastásia. Realização – Associação Cultural Mix Brasil/17º Festival Mix Brasil de Cinema e Vídeo da Diversidade Sexual, Cooperativa Paulista de Teatro, Coordenadoria de Assuntos da Diversidade Sexual/Prefeitura de São Paulo.

SERVIÇO
III Dramática – Ciclo de Leituras Teatrais sobre Homoerotismo e Sexualidade.
Data - De 18 a 22 de novembro.
Locais - Museu da Língua Portuguesa Praça da Luz, s/n - Centro Tel.: (11) 3326-0775. Entrada franca.
             Oficina Cultural Oswald de Andrade. Rua Três Rios, 363. Tel.: (11) 3221 5558. Entrada franca.




Sinopse
Neste monólogo o personagem narra a trajetória 
de sua última relação amorosa. Trata da busca
do amor diante da individualidade da
sociedade nos grandes centros urbanos.
Mergulhada no universo dos escritores Caio
Fernando Abreu e Clarice Lispector, a peça
nos coloca diante da solidão do homem comum
representado por um personagem em conflito
com a urgência de amar e a necessidade de
sobreviver numa cidade repleta de desencontros.

Concepção e Interpretação:
Ricardo Corrêa.


ESPETÁCULO FICOU EM CARTAZ NO TEATRO DO SATYROS NO ANO DE 2007/2008




Nenhum comentário:

Postar um comentário